terça-feira, 14 de maio de 2013

Memórias de um Vampiro: Tomo 1 - Opinião

Opinião: Ora bem, por onde começar...como é que um livro que me é totalmente desconhecido, me é tão familiar? Ao ler esta história senti que estava a ler a soma de várias outras histórias conhecidas e quando apareceu o Van Helsing, aí, até trepei às paredes.
É um livro muito básico na sua escrita, em que a acção e a história de vida de uma personagem se passam literalmente em 2 parágrafos! Despejam-nos informação atrás de informação e as coisas acabam por se tornar banais.
Não sei em que secção de uma livraria este livro se encontra, mas na minha modesta opinião, deveria constar da área juvenil. Quem sabe até poderia fazer parte do plano nacional de leitura para jovens nos seus 12 anos? E atenção, isto não é negativo de todo. Quem dera a muitos livros fazerem parte do pnl, mas até para isso é preciso ter algum conteúdo e eu não acho que este livro o tenha. 
Fiquei mesmo desiludida com o livro e sem a mínima vontade de ler a continuação, algo que não sentia desde as 50 sombras de Grey... 
Portanto, next! 

Sinopse: Memórias de Um Vampiro é o primeiro volume de uma trilogia onde romance e aventura se combinam para nos abrirem as portas a um universo repleto de emoções intensas, valores supremos e conflitos arrebatados. Daimon DelMoona, nascido no século XVII, viu o seu mundo desmoronar-se quando a mulher que ia desposar morre. Do seu sofrimento é resgatado por uma vampira, que lhe concede o Novo Nascimento. E assim começa uma odisseia que atravessa os séculos para culminar numa batalha contra o tirano Alexander, um vampiro sedento de poder. Para travá-la, novas alianças terão de ser forjadas, e um amor com ressonâncias do passado terá de ultrapassar duros obstáculos. Mas conseguirá Daimon vencer esta cruzada e concretizar o seu amor sem fim?

Sem comentários:

Publicar um comentário