domingo, 20 de dezembro de 2015

Naomi's Room - Opinião

Opinião: Não posso deixar o ano acabar sem actualizar este meu cantinho. A preguiça é mais que muita, as leituras também, e o trabalho no emprego a mesma coisa. O mês de Dezembro é sempre puxado para qualquer professor e para os meus lados a coisa não é excepção. Portanto, antes de me ir atirar ali a algumas tarefas domésticas pendentes (sim, ainda a roupa por passar) hoje trago-vos a opinião do terceiro e ultimo livro que li para o projecto Boohoo. Desta feita, trata-se de um livrinho em inglês e o único que de facto se enquadra na temática do horror, ou não fosse o senhor Jonathan (aparentemente) um mestre dentro do género.
Naomi's Room, conta-nos a terrível história de uma criança, a Naomi, que uns dias antes do Natal, enquanto passeava com o seu pai, desaparece misteriosamente. No dia de Natal o seu corpo aparece completamente desfeito, mutilado e não parece haver explicação possível para o seu assassinato.  Os seus pais entram então num estado de letargia profunda, de depressão e é nesta altura que várias coisas começam a acontecer em simultâneo. Sons começam a ouvir-se na casa onde vivem, passos, sussurros assim como vários barulhos estranhos vindos do sotão, que se encontra sempre fechado. À medida que a investigação policial avança, o pai da Naomi vê-se cada vez mais envolvido na trama e passa a contar com a ajuda de um jornalista, que lhe revela uma série de fotografias perturbadoras, tiradas na casa dele.
Se antes deste momento as coisas já estavam assustadoras para mim, quando aparece este jornalista e a trama se adensa, tudo piorou (ou melhorou, depende do ponto de vista). Nunca tinha lido nada tão assustador como este livro. Escrito de forma brilhante consegue manter-nos presos à história mesmo quando queremos parar e, acreditem que eu quis parar algumas vezes! Adorei o facto de a história nos ser contada de forma muito discreta e subtil, ou seja, e vamos ver se me consigo explicar bem, apesar de ser um livro muito assustador e que se torna cada vez mais violento à medida que avança, o autor conseguiu desenvolver a história sem ser brusco, sem ser óbvio ou sem descrever as cenas de violência tipo in your face. Acho que não me estou a explicar bem. Ele fê-lo com uma subtileza incrível que não deve ser fácil de manter num livro deste género, o que só serviu para o tornar ainda mais assustador.
Foi uma leitura perfeita para o tema que estávamos a abordar nos canais e blogs mas também é uma leitura que aconselho a fazerem nesta época natalícia. Longe de terminar bem e de ser um livro feliz, passa-se na época do Natal, com muito frio, muitos arrepios e mistério. Sem dúvida que aconselho para os fãs do género mas atenção com o inglês; não é o mais simples do mundo. Vale a pena o esforço e gostei tanto que já adicionei mais livros do autor à lista!



Sinopse: On Christmas Eve, four-year-old Naomi Hillenbrand disappears from her father's side in a crowded toy store; on Christmas Day, her mutilated body is discovered in a field. But a part of Naomi remains, unwilling or unable to leave this world. Ghostly photographs capture her playing with two other little girls dressed in Victorian garb while a sinister man in black watches...watches them all.

Charles Hillenbrand is tormented by grief. When sinister whispers in the night begin to taunt him, he tries to uncover the evil truth behind Naomi's death. But long-buried secrets await him and threaten to take him beyond the brink of sanity, to a place where he could lose his very soul.

Sem comentários:

Publicar um comentário