sexta-feira, 3 de julho de 2015

Eleanor & Park - Opinião

Opinião: Sei que muitos de vocês estão a morrer de curiosidade para saber o que achei sobre Eleanor and Park. Quem acompanha o canal sabe que, a minha experiência com a autora não tem sido a melhor. Tendo já lido 2 livros dela, antes deste, já tinha uma opinião formada acerca do seu estilo de escrita e forma de contar uma história. No entanto, e apesar de eu ter muitos problemas com os seus livros, são muitos os fãs da autora, que sempre me incentivaram a continuar a ler mais e a dar mais uma oportunidade à mesma. Todos me diziam: "Tens de ler Eleanor and Park, de certeza que vais adorar".
Portanto já estão a ver não é? Eu tentei por tudo baixar as minhas expectativas, mas vocês não ajudam! Parti para a leitura com as expectativas assim a meio gás e com alguns pés atrás. Ficarão portanto contentes se vos disser que gostei muito deste livro. Váaa podem começar a dizer : "Vêees, eu disse-te". Há que saber dar a mão à palmatória. 
Este livro foi mágico em muitos sentidos. Conta-nos a história de 2 jovens, que por motivos diferentes, não se enquadram particularmente bem no seu meio envolvente. Ele, por ser coreano num ambiente maioritariamente branco. Por se vestir de preto, por gostar de bandas desenhadas e de viver no seu mundinho. Mas não pensem que o Park é aquela personagem anti-social. Nada disso. É para os amigos, simplesmente estranho. Ela, por ser a miúda nova da escola, por se vestir com a primeira coisa que encontra, por não se importar com o que os outros pensam, por ser diferente. 
Conta-nos a história de como, passinho a passinho, todos os dias um bocadinho mais, estes dois jovens se apaixonaram, e encontraram desta forma, refúgio um no outro. 
Este deverá ter sido o único young adult que realmente adorei ler. Porque apesar de lidar com todo o drama adolescente, a autora conseguiu com bastante simplicidade, fazer com o que leitor se sinta envolvido na história. Mas principalmente fazer com que nos relembremos de como era na nossa altura. É daqueles livros que nos trás à memória todo o género de emoções e sentimentos. Recordações e memorias de tempos que já lá vão. Ohh pra mim tãooo velha a falar assim. Mas é verdade. Quando lemos Eleanor and Park, relembramos como era bom sentir borboletas no estômago sempre que víamos a pessoa tal. O nervoso miudinho e as emoções à flor da pele.
Para os jovens que o lerem agora, será como uma afirmação de tudo aquilo que sentem todos os dias. Para os mais velhos, este livro trará um mar de memórias associado, que com certeza nos fará sorrir.  Especialmente para aqueles que nasceram na década de 80, época em que o livro se passa. Não vão conseguir evitar uns :"Xiiiiiiiii as cassetes!!!" .
Eleanor and Park, valeu sobretudo pela história criada dentro do romance, pelos desenvolvimentos e desenrolar da acção. E o único motivo pelo qual não lhe atribuí as 5 estrelas no Goodreads, foi o final, que me fez chegar à conclusão de que, é mesmo traço da autora acabar as coisas assim. De forma inacabada. Ficam sempre algumas pontas soltas por atar. Neste caso duas: o que aconteceu à família da Eleanor? Como fica a história dos dois?
Não vou entrar em grandes detalhes, se não, para quem não leu, a experiência ficará estragada, mas digo-vos isto: Se ainda não leram este livro, leiam. Já sabem que o final vai ser tcharan, e que ou o vão adorar, ou ficar meio nhe. Mas nada como arriscar. Olhem para mim, que demorei dois livros inteiros da autora até acertar num? =)
Obrigada mais uma vez à editora Saída de Emergência, pelo envio do livro. Por esta não esperava!




Sinopse: Dois inadaptados. Um amor extraordinário. 

Eleanor... é uma miúda nova na escola, vinda de outra cidade. A sua vida familiar é um caos; sendo roliça e ruiva, e com a sua forma estranha de vestir, atrai a atenção de todos em seu redor, nem sempre pelos melhores motivos.
Park... é um rapaz meio coreano. Não é propriamente popular, mas vestido de negro e sempre isolado nos seus fones e livros, conseguiu tornar-se invisível. Tudo começa a mudar quando Park aceita que Eleanor se sente ao seu lado no autocarro da escola.
A princípio nem sequer se falam, mas pouco a pouco nasce uma genuína relação de amizade e cumplicidade que mudará as suas vidas. E contra o mundo, o amor aparece. Porque o amor é um super poder.

14 comentários:

  1. Será que a Rowell me surpreende também? Hummm olha que não sei. ..

    ResponderEliminar
  2. Será que a Rowell ainda me surpreende também?
    Hummm olha que não sei. ...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Experimenta amora, sem dúvida que devias... pk de todos os que lemos, este é de facto o melhor =)

      Eliminar
  3. O final é mesmo abrupto mas mesmo assim dei 5 estrelas. O desenvolver do romance é tão fofinho. Acho que com esta opinião vais convencer a Cata a ler :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nop, a Cata disse ali em baixo nos comentários, que passa :D

      Eliminar
  4. Foi o único livro dela que li e gostei mais do que esperava. Para quem gosta de ya e romances acho que este é bastante bom. Concordo contigo quanto ao final..foi extremamente apressado e também me fez baixar a pontuação.

    Já vi que sexta tb foi dia de limpezas para ti :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não sei como é que faço isto mulher, mas passo a vida em limpezas!!!

      Eliminar
  5. Olá!
    Até agora ainda não li mais nenhum livro da Rowell mas gostei muito, acho que lhe dei 4 estrelas. Mas realmente o final ficou demasiado em aberto!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que é em Outubro que sai o Fangirl em pt =)

      Eliminar
  6. Adorei :) o único que li da autora até agora.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já li mais dois, que foram uma desilusão... até agora, este é o melhor!

      Eliminar