quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

A Menina que fazia Nevar - Opinião

Opinião: Deixei passar um dia antes de fazer esta opinião. Por norma escrevo sempre de cabeça quente. Mas por vezes, há livros que nos forçam a algumas horas de reflexão. Este é um desses livros. E por esse motivo, peço desde já desculpas pelo rumo que esta opinião possa tomar, pois regra geral, quando gosto muito de um livro, as opiniões tendem a tornar-se confusas.
Começo como sempre; pela classificação que lhe atribuí no goodreads. 5 estrelas. 5 estrelas dadas a quente, mas que ainda assim, e após alguma reflexão, se mantêm. Em primeiro lugar, finalmente um livro que me deu gozo ler e que me tirou da maré de livros 2 estrelas. Em segundo lugar, que livro!
A menina que fazia nevar  conta-nos a história da pequena Judith. A Judith tem apenas 10 anos e é criada pelo pai. Cresceu no seio de uma educação religiosa muito premente e portanto, vive o mundo de forma totalmente diferente de quem a rodeia. Nomeadamente, dos seus colegas de escola. Ela é vítima de bullying. E não estou a falar de um simples gozo por este ou por aquele motivo. Estou a falar de uma perseguição constante por parte dos colegas, pelo facto de ser "diferente".
Ao longo do livro assistimos à forma como a religião afecta a vida da Judith e de quem a rodeia, especialmente o seu pai. Acompanhamos esta menina nas suas descobertas e crescimentos, assim como assistimos à criação de um mundo em miniatura no seu quarto. O livro tem uma mensagem absolutamente linda e que faz realmente sentido. Não só nesta quadra, mas no fundo, para a vida.
A menina que fazia nevar, é o primeiro livro escrito pela autora Grace McCleen. E que estreia. É absolutamente fenomenal!
É um livro que pelo seu tema poderá não agradar a todos. A religião é, na sua essência algo muito pessoal e que dirá sempre algo de diferente a quem a seguir. No meu caso pessoal, posso dizer-vos que parti para a leitura deste livro com uma ideia completamente errada daquilo que ele seria. Pensei sinceramente que se trataria de uma leitura com uma componente espiritual muito forte e que fosse passar aquela tradicional mensagem de "natal". Do sermos uns para os outros, de estarmos mais presentes, esse tipo de coisa. O livro tem isto tudo e muito mais. Acho que foi o primeiro livro que li, que aborda estas questões de forma não estereotipada. É muito fácil cairmos em clichés com livros deste género e felizmente isso não aconteceu.
O livro transmite-nos uma mensagem de fé tão bonita e tão positiva, que até eu que não tenho religião me senti super tocada. E perto do final temos um twist que me deixou a chorar copiosamente. Gostava realmente de poder falar com alguém sobre o livro pois tenho algumas teorias sobre o mesmo, que não posso partilhar para não vos estragar a história. Apenas vos posso dizer, que este livro é perfeito para ler nesta quadra!
A escrita da autora é fluída e profunda! Recomendo, mil vezes recomendo!!!

Sinopse: Judith McPherson é uma menina de dez anos que vive com o pai numa pequena cidade do Reino Unido. Mas entre o bullying a que é sujeita na escola e a relação distante que o pai, um homem de grande fervor religioso, tem com ela, os seus dias são bastante solitários e sombrios. É no mundo em miniatura que construiu no seu quarto que consegue encontrar algum consolo. Chama-lhe a Terra de Leite e Mel e construiu-o sobre os alicerces da fé e do encantamento. A Menina Que Fazia Nevar é uma reflexão perspicaz sobre a natureza poderosa da fé e o perigo dos fundamentalismos religiosos, e um hino à força da imaginação e do amor.

8 comentários:

  1. Admirava-me se não tivesses gostado deste livro! Ainda não li, mas também ainda não vi criticas negativas, o que não é muito habitual. Mas ainda bem que saiste do drama das 2 estrelas, ninguém merece!

    ResponderEliminar
  2. Oupa.. :) ainda bem que escreveste esta opinião.. tinha muita curiosidade em relação a este livro e depois de ler isto tudo, pronto, tá decidido, quero ler :)

    * mary red hair *

    ResponderEliminar
  3. Se me emprestares o livro, eu leio e podemos partilhar teorias. Bjks

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa estou desesperada por falar com alguém!!!

      Eliminar
  4. Também gostei tanto, tanto deste livro!!!

    ResponderEliminar
  5. Já tinha ficado interessado depois de ouvir o título e agora ainda fiquei mais! :D

    ResponderEliminar